Aos Fatos

Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Sérgio Moro não declarou que 'Lula não será presidente aqui nem em lugar algum'

Por Bernardo Moura

21 de junho de 2018, 19h48


É falsa a notícia “Sérgio Moro afirma: ‘Lula não será presidente aqui nem em lugar algum’” publicada pelo site The Jornal Brasil. Requentado, o conteúdo voltou a circular no Facebook, já acumula mais de 42 mil compartilhamentos desde o ano passado e foi denunciado por usuários da rede social como enganoso (entenda como funciona).

Citada pelo site como fonte da declaração, a entrevista do juiz Moro à TV UFPR, da Universidade Federal do Paraná, nunca existiu, afirmaram nesta quinta-feira (21) a Justiça Federal paranaense e a própria emissora universitária.

Confira abaixo, em detalhes, o que checamos.


FALSO

Sérgio Moro afirma: ‘Lula não será presidente aqui nem em lugar algum'

Ao contrário do que sustenta a postagem do The Jornal Brasil, nunca existiu entrevista do juiz Sérgio Moro à TV UFPR, da Universidade Federal do Paraná. Tampouco o magistrado deu a declaração que ilustra a notícia falsa: “de acordo com a Constituição, mesmo que Lula esteja preso, ele poderá se candidatar à Presidência, mas, se for preciso, eu mudarei a Constituição só para que isso não aconteça. Afinal, povo brasileiro que está lutando comigo, Lula não irá ser presidente nem aqui e nem em lugar nenhum".

Procurada por Aos Fatos, a Justiça Federal do Paraná negou que Moro tenha dado tal entrevista. A TV UFPR, também contactada pela reportagem nesta quinta-feira (21), informou que o juiz nunca foi entrevistado pelo canal.

Não é de hoje que essa postagem aparece no Facebook. A primeira vez que a notícia falsa entrou na rede social foi em 12 de março do ano passado. Ela voltou a ser publicada na última segunda-feira (18) pela página Por um Brasil Melhor, que é vinculada ao The Jornal Brasil. Desde que começou a circular pelo Facebook, o conteúdo já acumula 42.600 compartilhamentos.

Nesta quinta, Aos Fatos tentou entrar em contato com o The Jornal Brasil por meio de formulário no site e por mensagem no Facebook, mas não obteve qualquer resposta até a publicação desta checagem.

Na seção ‘quem somos’, o site se define como “uma rede de blogs da mídia livre formada por autodidatas, blogueiros realistas que trabalham por um Brasil melhor para todos e que defendem a Faxina Geral iniciada pela Lava Jato, independente de partidos, doa a quem doer”.

Em 14 de março de 2017, a postagem do The Jornal Brasil foi reproduzida integralmente pelo site TV Cidade, que, em seu site, afirma ser afiliada do SBT no canal 23 em Brasil Novo, município do sudoeste do Pará. No entanto, seu nome não aparece na relação de afiliadas da emissora paulista em todo o país.

Repercussão à esquerda. Esta notícia falsa também gerou repercussão à esquerda. Em publicação de 14 de março do ano passado, o site A Postagem reproduziu a falsa declaração de Sérgio Moro com o título: “Moro assume ser justiceiro sem lei em fala para a TV da UFPR”. Em tom opinativo, o texto assinado por Fábio St. Rios tece uma série de críticas ao juiz da Lava Jato em Curitiba. Para ele, a falsa declaração de Moro “comprova a tese de que o Brasil vive um golpe”.

Nesta quinta-feira, Aos Fatos também tentou entrar em contato com os responsáveis pelo site A Postagem, mas não obteve resposta até a publicação desta checagem. Apesar de assinar diversos textos no site (somente nesta quinta-feira, dia 21, foram sete posts), Fábio St. Rios não aparece entre os colaboradores listados em seção no blog.

A Postagem se define como “uma rede de conteúdo independente que visa democratizar o acesso à informação. Uma revista eletrônica que aborda temas variados e sob uma ótica diferente da abordada pelo mainstream. O canal visa propagar informações que auxiliem na formação do pensamento crítico e difundir conteúdo de forma honesta e acima de tudo, horizontal”.