Aos Fatos

Seja um apoiador

Checamos

Leia as últimas declarações checadas pela equipe do Aos Fatos

Mais

Explore todos os nossos conteúdos e checagens

Não é verdade que Israel enviou avião para combater incêndios na Amazônia

Por Luiz Fernando Menezes

17 de setembro de 2019, 14h45


As imagens de um avião jogando água sobre um incêndio têm circulado nas redes sociais com uma legenda que afirma que a aeronave teria sido enviada por Israel para ajudar a controlar o fogo na Amazônia (veja aqui). No entanto, o vídeo, que mostra a ação do chamado SuperTanker — maior avião-tanque do mundo —, não foi gravado no Brasil, mas na Bolívia, onde um incêndio de grandes proporções ocorreu na região da Chiquitanía, em agosto deste ano.

Israel também não enviou aviões para ajudar a combater ao fogo na Amazônia brasileira. O auxílio do país veio por meio de uma equipe de 11 bombeiros que passou quatro dias em Rondônia.

A peça de desinformação foi enviada por leitores do Aos Fatos no WhatsApp como sugestão de checagem (inscreva-se aqui). Compartilhadas por páginas e perfis pessoais do Facebook, as publicações já acumulam cerca de 30 mil compartilhamentos até a tarde desta terça-feira (17). Todas as postagens foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de monitoramento da rede social (entenda como funciona).


FALSO

Olha o tamanho do aviãozinho israelense que está na Amazônia em apoio na Força Tarefa as incêndios, você viu algum comentário a respeito nessa merda de emissora agora com uma nova razão social denominada Globolixo, claro que não né?!.... e nem vai ver!

Circula nas redes sociais um vídeo de um avião-tanque de combate a incêndios que, segundo as publicações, teria sido enviado pelo governo de Israel para ajudar a controlar o fogo na Amazônia. As imagens, no entanto, foram gravadas na Bolívia e mostram a ação do SuperTanker, maior avião-tanque do mundo, no combate a incêndios na região da Chiquitanía, próxima à fronteira com o Brasil.

O SuperTanker é um Boeing 747 adaptado pela Global SuperTanker para a função anti-incêndio. Sediada nos EUA, a empresa não tem relação com Israel e, conforme afirmou por meio de nota ao Aos Fatos, possui apenas uma aeronave.

O Ministério da Defesa da Bolívia chegou a publicar outras imagens do avião durante a operação em Chiquitanía. O vídeo usado nas peças de desinformação no Brasil foi compartilhado por veículos de imprensa da Bolívia e também circula nas redes sociais no país.

Outro fato que desmente as publicações é que Israel não mandou aviões para auxiliar no combate aos incêndios no Brasil. O país enviou à Amazônia uma equipe formada por 11 bombeiros no dia 5 de setembro e que reforçou as ações de combate a incêndios em Rondônia até o dia 10.

O Fato ou Fake e o Boatos.org também checaram a mesma peça de desinformação.

Referências:

1. G1 (Fontes 1 e 2)
2. Global SuperTanker
3. Ministério da Defesa da Bolívia
4. Folha de S.Paulo
5. Consulado Geral de Israel em São Paulo
6. Ministério da Defesa