Aos Fatos

Mulher do premier do Canadá não ironizou indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada

Por Amanda Ribeiro

2 de agosto de 2019, 15h07


É falso que Sophie Trudeau, esposa do primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, disse que "o único lugar onde alguém que frita hambúrguer vira embaixador é o Brasil", em referência ao deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), indicado pelo seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, à embaixada brasileira nos EUA. Além de a informação ter sido negada pelo governo canadense, Aos Fatos não identificou referências sobre o evento e a cidade onde publicações nas redes sociais (veja aqui) alegam que a declaração foi proferida.

Posts com a desinformação já acumulam ao menos 3.200 compartilhamentos no Facebook nesta sexta-feira (2). Todos foram marcados com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (veja como funciona). O conteúdo enganoso também circula no WhatsApp, onde foi enviado por leitores do Aos Fatos como sugestão de checagem (inscreva-se aqui).


FALSO

Hoje Bolsonaro voltou a ser alvo das alfinetadas de Sophie Trudeau. Durante a inauguração de um complexo universitário da cidade canadense de New Scotland, a primeira-dama soltou a seguinte frase para os estudantes canadenses: "estudem e dediquem-se ao máximo, pois ninguém aqui frita hambúrguer. O único lugar onde alguém que frita hambúrguer vira embaixador é no Brasil", arrancando risos dos estudantes, se referindo à intenção de Bolsonaro de colocar o filho embaixador nos EUA.

Em nota, o governo do Canadá negou que a esposa do primeiro-ministro Justin Trudeau, Sophie Trudeau, tenha dito em qualquer ocasião a declaração acima, que tem sido veiculada em publicações nas redes sociais.

Aos Fatos também não encontrou referências à situação e ao local em que posts afirmam ter sido feita a suposta referência a Eduardo Bolsonaro. Desde que o presidente anunciou a intenção de indicar o filho para a embaixada do Brasil nos EUA, em 11 de julho, registros na imprensa local e internacional e em contas oficiais nas redes sociais não atestam que Sophie Trudeau participou de uma inauguração de “complexo universitário”.

Tampouco é possível confirmar a existência de uma cidade no Canadá chamada New Scotland, onde teria sido realizado o evento com Sophie, segundo sustentam as publicações checadas. Há, naquele país, uma província (que equivale a um estado no Brasil) que se chama Nova Scotia (ou Nova Escócia, em português).

Por fim, não existe no Canadá a Rádio Ottawa, citada como fonte das informações pela publicação que primeiro espalhou a notícia falsa, o blog Esquilo Político. O post enganoso foi deletado posteriormente.

A foto de Sophie Trudeau que ilustra as peças de desinformação que circulam nas redes foi tirada por Gerry Kahrmann, da Postmedia, em junho de 2019, no evento sobre igualdade de gênero Women Deliver. A esposa de Trudeau publicou um vídeo nas redes sobre este evento exatamente em 11 de julho, data em que foi anunciada a indicação de Eduardo Bolsonaro, mas não há qualquer comentário dela nesse sentido.

Esta informação falsa também foi desmentida em checagens do Fato ou Fake, do e-Farsas e do Boatos.org.

Referências:

1. Estadão
2. Pressroom Info
3. Women Deliver