Aos Fatos

Jovem seminu em foto da Parada LGBTQ de Atenas não é o deputado Zeca Dirceu

Por Luiz Fernando Menezes

8 de abril de 2019, 14h44


O deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) não é o homem seminu e com o corpo repleto de dizeres, como "feminista", “vegano” e "ateu", que aparece em foto tirada na Parada LGBTQ de Atenas, na Grécia, em 2016.

A falsa atribuição da imagem circula em posts nas redes sociais desde que o parlamentar chamou o ministro da Economia, Paulo Guedes, de “tchu tchuca” em sessão da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara, na semana passada.

Publicações denunciadas ao Aos Fatos com a desinformação já somavam mais de 10 mil compartilhamentos na tarde desta segunda-feira (8). Todas foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação do Facebook (entenda como funciona).


FALSO

Zeca Tchu Tchuca [Zeca Dirceu] no auge de sua militância enquanto papai estava preso.

A imagem que circula nas redes sociais é, na verdade, recorte de uma foto da Parada LGBTQ de 2016 que aconteceu na capital grega. O jovem aparece em diversas outras fotos do evento. Ele não é deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR).

Dirceu já era deputado federal quando a foto em questão foi tirada, e Aos Fatos não encontrou indícios de que ele tenha passado pela Grécia na ocasião. Registros de suas redes sociais e participação no programa Transparência e Ação indicam que o parlamentar esteve em visitas ao Paraná na mesma época da parada LGBTQ de Atenas.

Nos EUA, a foto foi falsamente atribuída a Beto O’Rourke, pré-candidato democrata às eleições americanas. Por lá, a imagem era acompanhada da legenda “Lembrem-se todos dessa foto quando esse idiota disser que irá concorrer à presidência. Esse é Robert O’Rourke (Beto)”. A desinformação foi checada pelo Snopes.

Zeca Dirceu, que é filho do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, protagonizou um bate-boca com o ministro Paulo Guedes em sessão da CCJC (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara) sobre a reforma da Previdência, em 4 de abril. Dirceu disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, era um “tigrão” com os aposentados, mas uma “tchu tchuca” quando é para mexer com os mais privilegiados. Guedes respondeu a ofensa dizendo “Tchu tchuca é a mãe, é a avó”. A sessão foi encerrada logo após a discussão