Aos Fatos

Seja um apoiador

Checamos

Leia as últimas declarações checadas pela equipe do Aos Fatos

Mais

Explore todos os nossos conteúdos e checagens

Não há fontes que provem existência de áudio em que Moro xinga Bolsonaro

Por Luiz Fernando Menezes

25 de junho de 2019, 18h24


Publicações nas redes sociais afirmam que, em um áudio, o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol teriam se referido ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) como “imbecil” e “ameba” (veja aqui). Porém, não há fontes que atestem a veracidade desta informação e os próprios posts não trazem a gravação que alardeiam.

Aos Fatos não identificou referências que embasem tal informação, que também não consta nas reportagens publicadas por The Intercept Brasil com base em troca de mensagens entre Moro e Dallagnol no aplicativo Telegram. O site negou nesta terça-feira (25) que tenha divulgado essa conversa. Desta forma, o conteúdo foi classificado como FALSO.

Desde que The Intercept Brasil começou a divulgar, no dia 9 de junho, uma série de reportagens com base em mensagens trocadas entre integrantes da Operação Lava Jato, surgiram nas redes sociais diversas publicações com diálogos que não fazem parte do material original.

Esta desinformação acumulava, até a tarde desta terça-feira (25), cerca de 21 mil compartilhamentos. Todas as postagens com este conteúdo foram marcadas com o selo FALSO por Aos Fatos na ferramenta de verificação da rede social (veja como funciona).


FALSO

Em áudio, Moro diz: será esse imbecil o presidente? Dallagnol responde: infelizmente, esta ameba é a nossa única escolha [o Bozo].

A troca de mensagens citada nas publicações de Facebook não aparece em nenhuma das reportagens do site The Intercept Brasil a respeito das conversas privadas de integrantes da força-tarefa da Lava Jato. Tal informação também não foi identificada em buscas feitas em outros sites de notícias.

Em nota enviada ao Aos Fatos nesta terça-feira (25), The Intercept Brasil afirma que: “as mensagens não foram divulgadas pelo The Intercept Brasil, as imagens não foram produzidas por nossa equipe e nós não somos responsáveis pela divulgação delas”.

Até o momento, o site publicou sete reportagens sobre as conversas privadas entre procuradores e juízes da Lava Jato. Nenhuma delas, no entanto, traz o diálogo sobre Bolsonaro que circula nas redes. A reportagem publicada pela Folha de S.Paulo com base nas mesmas mensagens obtidas por The Intercept Brasil também não cita o presidente.

Na última segunda-feira (24), Aos Fatos também checou uma outra mensagem que não havia sido divulgada por The Intercept Brasil, sobre a inexistência de provas contra o ex-presidente Lula no caso do tríplex. Em 10 de junho, Aos Fatos desmentiu um falso diálogo de Moro e Dallagnol sobre formas de impedir a candidatura de Fernando Haddad (PT) nas eleições presidenciais do ano passado.

Referências:

1. The Intercept Brasil
2. Folha de S.Paulo