Aos Fatos

Moro não twittou que ‘crime é impossível acabar porque a mente humana veio do macaco’

Por Luiz Fernando Menezes

5 de abril de 2019, 13h52


É uma montagem o tweet em que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, teria dito: "o crime é impossível acabar totalmente porque a mente humana veio do macaco, um animal assassino". A publicação, na verdade, foi twittada pelo perfil satírico Polícia Surpresa em maio de 2016. O ex-juiz da Lava Jato estreou no Twitter nesta quinta-feira (4).

A desinformação tem sido disseminada por perfis pessoais no Facebook e já tem mais de 12 mil compartilhamentos. Denunciadas por usuários da rede social, essas publicações foram marcadas por Aos Fatos com o selo FALSO na ferramenta de verificação do Facebook (entenda como funciona).


FALSO

Sergio Moro: O crime é impossível acabar totalmente porque a mente humana veio do macaco, um animal assassino.

A montagem passou a circular nas redes sociais no mesmo dia em que o ministro da Justiça e Segurança Pública estreou no Twitter (@SF_Moro). O ex-juiz, no entanto, nunca publicou tal mensagem. Desde a criação do perfil, na manhã de quinta-feira (4) até a tarde desta sexta-feira (5), ele postou 12 tweets. Nenhum aborda sequer o assunto da montagem.

A mensagem, na verdade, foi publicada pelo perfil satírico Polícia Surpresa, em maio de 2016, no Twitter. Veja abaixo.

O perfil publica tweets humorísticos sobre combate ao crime e também sobre assuntos da esfera política, como a Lei Rouanet (que o perfil chamava de “Lei Ranelet”).


Esta checagem foi atualizada às 15h25 do dia 5 de abril de 2019 para corrigir a informação referente à desativação do perfil Polícia Surpresa. Segundo tweet destinado ao Aos Fatos: "o perfil continua ativo, atuando 100% do tempo, e coitada da sociedade se não estivesse".