Aos Fatos

Meme usa informações falsas ao comparar patrimônio de Bolsonaro

Por Luiz Fernando Menezes

23 de janeiro de 2019, 14h37


Não é verdade que, em dez anos, o patrimônio do presidente Jair Bolsonaro (PSL) saltou de R$ 5 mil, um imóvel e três automóveis para R$ 18 milhões, vinte imóveis e nove automóveis. O meme que circula nas redes sociais com essa comparação traz dados que não condizem com os divulgados nas declarações de bens de Bolsonaro à Justiça Eleitoral.

O meme foi publicado por diversos perfis pessoais no Facebook. Todos eles foram marcadas por Aos Fatos com o selo FALSO na ferramenta de verificação daquela rede social (entenda como funciona).


FALSO

Jair Bolsonaro: [em] 2009 [tinha na] conta bancária 5 mil, 1 casa, 2 carros, 1 mobilete, 2 bicicletas e 6 varas de pescar. [Em] 2019 [tinha na] conta bancária 18 milhões, 8 casas, 9 carros, moto aquática, 12 apartamentos e investimentos milionários.

De carona na popularidade do #10yearschallenge, uma imagem que circula nas redes sociais traça uma comparação do patrimônio de Bolsonaro, sugerindo um aumento substancial. Os dados apresentados pelo meme, no entanto, não são verdadeiros, de acordo com as informações que constam nas declarações de bens enviadas pelo presidente ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A única declaração anterior a 2009 foi a das eleições de 2006. Nela, Bolsonaro informou ser dono de uma sala comercial, uma parte de um apartamento, dois carros e um micro-ônibus. O valor total era de R$ 858 mil, em valor corrigido pelo IPCA de dezembro de 2018. Não há menção a mobiletes, bicicletas ou varas de pescar.

Já nas eleições de 2010, o patrimônio de Bolsonaro havia aumentado para R$ 1,35 milhão. O então deputado federal passou a ser dono de duas casas, um apartamento e cinco carros.

Na declaração de bens de Bolsonaro para as eleições do ano passado, publicada em agosto de 2018, constava um valor total de R$ 2,3 milhões em valores corrigidos pelo IPCA. Além disso, o então candidato informou um apartamento, quatro casas, dois carros e dois micro-ônibus, número muito menor ao citado pelo meme. Além disso, não havia declaração de uma “moto aquática” e seus investimentos e aplicações não passavam dos R$ 600 mil.

É importante lembrar, no entanto, que segundo reportagem do jornal O Globo, Bolsonaro teria omitido da declaração de 2018 duas casas que, juntas, valem cerca de R$ 2,6 milhões. Além disso, o jornal também constatou que nove dos 17 bens listados na ação judicial que foi movida pela ex-mulher do presidente, Ana Cristina Valle, não aparecem na declaração.

Além disso, a imagem erra a própria essência do meme, que desafia o usuário a postar uma foto de 2009 e outra de 2019. Enquanto a foto da direita, de fato, é da cerimônia de posse no Palácio do Planalto do dia 1º de janeiro, a da esquerda é de 1999, quando Bolsonaro defendeu, durante o programa Câmara Aberta na Band, uma guerra civil no país e disse que “o voto não vai mudar nada no Brasil”.

A Agência Lupa produziu uma checagem semelhante sobre esse meme.