Aos Fatos

Homem preso com drogas no Ceará não usava camiseta de apoio a Lula

Por Judite Cypreste

16 de outubro de 2018, 19h30


Trata-se de uma montagem uma imagem que circula nas redes sociais com um homem de camiseta vermelha com as palavras "Lula Livre" ao lado de uma grande quantidade de drogas. O registro foi modificado digitalmente para incluir a frase de apoio ao ex-presidente. É verídico, entretanto, que o rapaz foi preso pela Polícia Rodoviária Federal do Ceará por portar 183,3 quilos de maconha em uma caminhonete.

A imagem que circula no Facebook já havia sido compartilhada, até a tarde desta terça-feira (16), cerca de 34 mil vezes, e foi denunciada pelos usuários do Facebook como fonte de desinformação. A fotografia digitalmente alterada foi marcada como FALSA na ferramenta de verificação do Facebook (veja como funciona).

Veja abaixo, em detalhes, o que checamos.


FALSO

Homem com camisa escrito "Lula Livre" é preso com mais de 200 kg de maconha

Uma imagem de um motorista detido usando uma camiseta vermelha com os dizeres “Lula Livre” circula pelo Facebook e Twitter como sendo verdadeira, mas trata-se de uma montagem. A fotografia verdadeira traz a imagem de um motorista, preso na cidade de Senador Pompeu, no Ceará, por transportar 183,3 quilos de maconha em sua caminhonete.

Na imagem falsa, é possível ver que as letras da estampa não acompanham as dobras da camiseta, além de terem uma cor branca que destoa da coloração da fotografia. O texto da publicação que segue a imagem afirma que o homem que cometeu o delito seria apoiador do petista: “olha a camisa do cara preso agora no posto rodoviário da PRE de senador Pompeu com mais de 200kg de maconha”. Como é possível ver acima, não é verdade.

De acordo com reportagens sobre o caso, foi a Polícia Rodoviária Estadual do Ceará que realizou a detenção, depois de o homem da foto passar pelo Posto de Fiscalização Rodoviário de Senador Pompeu e se demonstrar bastante nervoso com a presença dos agentes. Em seu carro, transportava a droga em um fundo falso no porta-malas. O condutor do veículo confessou o crime e disse ter adquirido a carga em Brasília, no Distrito Federal. O fato ocorreu no último sábado, 13 de outubro.

Questionada se o rapaz seria o mesmo de uma outra imagem apresentada pelo Diário do Nordeste, onde é possível ver um homem parecido em uma imagem realizada de ângulo diferente, a Polícia Rodoviária Estadual do Ceará afirmou ser da mesma ocorrência policial.

Outras reportagens sobre o caso também podem ser encontradas no G1 e no jornal O Povo, atestando que a imagem que circulava na rede social foi modificada para incluir a frase de apoio ao ex-presidente Lula, hoje preso em Curitiba após ser condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.