Aos Fatos

Seja um apoiador

Checamos

Leia as últimas declarações checadas pela equipe do Aos Fatos

Mais

Explore todos os nossos conteúdos e checagens

É falso que The Economist elegeu Lula o governante mais corrupto da história

Por Amanda Ribeiro

20 de setembro de 2019, 12h25


Não é verdade que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito pela revista inglesa The Economist em agosto de 2017 o governante mais corrupto da história, como afirmam publicações que circulam nas redes sociais (veja aqui). A imagem difundida como capa do periódico não consta em seu arquivo de edições passadas e é uma montagem feita com a foto do ex-presidente. A peça de desinformação começou a ser compartilhada há dois anos e voltou a circular nas redes sociais na última semana.

Publicadas por páginas e perfis pessoais no Facebook, as postagens acumulam cerca de 6.000 compartilhamentos até a tarde desta sexta-feira (20). Todas elas foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de monitoramento da rede social (saiba como funciona). O material também foi enviado por leitores do Aos Fatos no WhatsApp como sugestão de checagem (inscreva-se aqui).


FALSO

Lula é eleito pela Revista Inglesa "The Economist" como o maior Ladrão do Mundo.

Ele e seus amigos petistas roubaram e desviaram para países Comunistas mais de 10 trilhões do Brasil.

Voltou a circular nas redes sociais nesta semana uma peça de desinformação de 2017 que traz uma imagem da capa da revista inglesa The Economist com a foto do ex-presidente Lula e uma manchete que afirma que ele foi eleito o governante mais corrupto da história. A imagem, no entanto, é uma montagem e não foi publicada pela revista no dia 20 de agosto de 2017, como afirmam as postagens, nem em outro momento. Tal capa e reportagem não constam no arquivo de edições passadas da revista disponibilizado em seu site.

Na data indicada pelas postagens, 20 de agosto de 2017, The Economist teve como destaque na capa uma reportagem que discutia a inaptidão do presidente americano, Donald Trump, em ocupar o cargo para o qual havia sido eleito.

A última reportagem publicada pela revista que cita o Brasil é de 22 de agosto de 2019 e trata do acordo firmado entre os governos brasileiro e paraguaio com relação à usina hidrelétrica de Itaipu. Em 15 de junho, uma reportagem sobre a situação da Operação Lava Jato cita o ex-presidente Lula, que teria sido preso por um “jovem juiz que empreendia uma cruzada”.

O Estadão Verifica, o Uol Confere e a Agência Lupa fizeram checagens similares sobre o boato.

Referências:

1. The Economist (Fontes 1, 2, 3 e 4)