Aos Fatos

Seja um apoiador

Checamos

Leia as últimas declarações checadas pela equipe do Aos Fatos

Mais

Explore todos os nossos conteúdos e checagens

É falso que ponte foi construída em 11 meses pelo governo Bolsonaro

Por Luiz Fernando Menezes

30 de dezembro de 2019, 13h31


Não é verdade que uma ponte ferroviária construída sobre o rio São Francisco foi concluída em 11 meses pelo governo de Jair Bolsonaro. A obra, que faz parte da Fiol (Ferrovia de Integração Oeste-Leste), durou mais de quatro anos –teve início em dezembro de 2014, na gestão Dilma Rousseff (PT), e foi finalizada em julho de 2019.

Compartilhada no Facebook principalmente sábado (28) e domingo (29), a peça de desinformação (veja aqui) acumula mais de 8.000 republicações até a tarde desta segunda-feira (30). Todas as postagens relacionadas foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (entenda como funciona).


FALSO

Vejam a ponte ferroviária construída em apenas 11 meses de governo Bolsonaro!!! A maior da América Latina. Parabéns, Ministro TARCÍSIO.

Publicações nas redes sociais enganam ao afirmar que a estatal de engenharia Valec construiu a “maior ponte ferroviária da América Latina” em apenas 11 meses, durante o governo Bolsonaro. Porém, a obra em questão, mostrada em vídeo que acompanha as postagens, começou em 2014, na gestão Dilma Rousseff (PT).

A ponte é uma parte da Fiol (Ferrovia de Integração Oeste-Leste), que, quando concluída, ligará Ilhéus (BA) a Figueirópolis (TO). Esse trecho, construído sobre o rio São Francisco, teve suas obras iniciadas em dezembro de 2014, e foi entregue em julho deste ano, segundo publicação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Logo, as obras demoraram mais de quatro anos, e não 11 meses, como afirmam as postagens.

Há vídeos e fotografias que mostram a ponte ferroviária em anos anteriores. Em agosto de 2017, por exemplo, a Drone Engenharia publicou um vídeo no YouTube que mostrava o estado da obra:

É fato, no entanto, que a ponte ferroviária é a maior da América Latina, segundo informações da própria Valec. Com 2,9 km de extensão, 82 pilares verticais e 18 metros de altura, a construção liga os municípios de Serra do Ramalho (BA) e Bom Jesus da Lapa (BA).

Referências:

1. Valec (1, 2 e 3)