Aos Fatos

Reprodução

Aos Fatos arrecada R$ 34,3 mil e aumenta base de apoiadores

12 de junho de 2017, 17h30


Foram 35 dias de campanha, 350 apoiadores e um total de R$ 34,3 mil arrecadados por Aos Fatos em sua campanha anual de arrecadação — a segunda desde seu lançamento. Parte de um modelo de financiamento também baseado em parcerias de conteúdo e consultoria sob demanda, a rodada deste ano teve como mote o desenvolvimento de checagens em novos formatos — vídeo, sobretudo. Para isso, o site arrecadou o maior valor desde seu lançamento e alcançou novo recorde de apoiadores.

"Mesmo em um contexto econômico bastante difícil, Aos Fatos viu crescer em 14% sua rede de apoiadores. Em 2015, foram angariados R$ 32 mil com o apoio de 301 pessoas", diz Tai Nalon, diretora do site.

Os limites do formato de financiamento coletivo também ficaram mais evidentes. Enquanto a campanha de dezembro de 2015 tinha como objetivo validar o projeto, que ainda operava em fase beta, a rodada deste ano apostava na consolidação do trabalho e no desenvolvimento de novas narrativas em outras mídias. Aos Fatos mirou alto e estabeleceu uma meta de R$ 50 mil, mas a quantia arrecadada chegou aos 68% da meta.

"Optamos por deixar claro qual é o preço do nosso trabalho, mesmo que a meta não fosse alcançada. Isso faz parte da filosofia do Aos Fatos de defender uma internet em que a informação é livre, mas que também impõe valor ao bom jornalismo", explica Tai.

Outra diferença em relação à campanha de 2015 é que, naquele ano, Aos Fatos teve também o apoio da Open Knowledge Brazil, parceira do site no âmbito do Aos Fatos Lab. Em 2017, a plataforma foi inteiramente financiada por leitores, que, por sua vez, começarão a receber suas recompensas entre o fim de julho e o início de agosto de 2017.

Aos Fatos agradece aos seus 350 apoiadores e a mais um sem número de leitores, jornalistas, influenciadores e estudiosos que, de alguma maneira, contribuíram para que o a primeira plataforma de checagem brasileira arrecadasse novamente quantias impressionantes.