Aos Fatos

Aluna do Colégio Militar não ganhou prêmio de matemática; fotos em posts são de atriz pornô

Por Alexandre Aragão

7 de dezembro de 2018, 15h37


É falsa a história da estudante do Colégio Militar de Brasília que teria participado e vencido uma competição de matemática na Universidade Yale, nos EUA. Na verdade, a mulher que aparece nas fotos de publicações no Facebook é a atriz pornô americana Mia Khalifa. Os posts são pegadinhas que já circularam em outras versões com a mesma a intenção: fazer desavisados compartilharem fotos da atriz pornô.

Duas publicações em perfis pessoais no Facebook, com fotografias diferentes de Mia Khalifa, dizem que a “jovem brasileira Camila Ferraz” participou de uma competição na Universidade Yale, nos Estados Unidos, “e tirou medalha de ouro”. E adiciona: “se estivesse rebolando já estava na Globo e famosa.” As informações são falsas.

Denunciadas por usuários do Facebook, as duas publicações reuniam, juntas, mais de 1.400 compartilhamentos até a tarde desta sexta-feira (7). Aos Fatos marcou os posts com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (entenda como funciona).


FALSO

Jovem brasileira Camila Ferraz participou da Olimpíada de matemática da Universidade de Yale representando o Colégio Militar de Brasília e tirou medalha de ouro.

Essa história falsa é semelhante à outra que também viralizou, em junho deste ano. A premissa era a mesma: uma fotografia da atriz pornô Mia Khalifa, de óculos, foi publicada com um texto falso dando conta de que ela era uma estudante brasileira vencedora em concurso internacional.

O texto dizia que "essa é Marcela Pereira, estuda na UFMA. Acabou de ganhar o segundo lugar no concurso de física nuclear na Rússia, mas como não é futebolista nem faz parte de movimentos feministas, ninguém se importa”. Na época, a informação falsa foi desmentida por sites como o Boatos e o e-farsas.

Semanas antes, um tweet em espanhol viralizou no México dizendo que a estudante local “Miranda García Hernández” havia ganhado um prêmio científico na Rússia — acompanhado de uma foto de Mia Khalifa. Na época, a informação falsa chegou a ser compartilhada pelo atual ministro das Relações Exteriores do país, Marcelo Ebrard.

A partir dos comentários, podemos perceber que o intuito das publicações é mesmo fazer com que pessoas que não sabem se tratar de uma atriz pornô compartilhem a história como se fosse verdade.

Um dos usuários, por exemplo, escreveu uma mensagem em tom jocoso: “Já a vi demonstrar de várias maneiras diferentes como é possível dois corpos, ou, pelo menos partes deles ocuparem num mesmo intervalo de tempo, o mesmo lugar no espaço, contrariando a lei da impenetrabilidade dos corpos”. Além disso, a maioria das reações aos posts no Facebook é o emoji sorridente (haha).

Muitos outros, porém, acreditaram na veracidade da história. “Parabéns, menina, vai nesta tua força. Deus te abençoe grandemente”, escreveu outro usuário em uma das publicações.